Como aproveitar a quarentena sem colocar o computador em risco?

O período de isolamento, o qual todos devem respeitar, é estimulado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) devido às questões de saúde que envolvem casos em diversos países. 

Pensando em promover novos hábitos e ações que podem te ajudar a ter melhor qualidade de vida em todos os sentidos, nos dedicamos em desenvolver esse post com dicas e iniciativas que podem te incentivar a dar seu melhor em casa! 

Cuide de sua segurança, cuide de sua saúde mental, cuide do seu corpo, cuide de sua família. Esses pontos são fundamentais para ter dias saudáveis e bem aproveitados. 

Saiba sobre a importância de cuidar de sua segurança online neste momento!

Em tempos de COVID-19, o ideal é sair o mínimo possível! Sendo assim, temos que dar um jeito de continuar a rotina de trabalho, manter o corpo ativo com atividades físicas e refeições balanceadas, cuidar da casa ou estudar com as ferramentas disponíveis em casa. 

Se pararmos para analisar e refletir, quais são nossos maiores aliados em atividades assim? Não dá para negar que nossos celulares, tablets e computadores ajudam muito no dia a dia, e estão marcando presença agora. Até quem não é muito íntimo das redes sociais, está se rendendo ao menos a acompanhar lives no YouTube ou pesquisar por receitas!

A chave da questão é saber como usar esses aparelhos para não colocar sua segurança digital em risco, principalmente quem está trabalhando remotamente. Na verdade, o cenário atual só reforça a importância e necessidade de ter iniciativa para manter sua rede segura!

Pensando nisso, se você esperava uma ocasião ou mais tempo para procurar saber sobre antivírus e plataformas de proteção online, eis a oportunidade. 

Existem diversas soluções extremamente eficientes para te ajudar com a segurança de redes, além de informações sobre o segmento concedidas pelos próprios especialistas. Mantenha-se completamente seguro, inclusive na web!

Riscos da rede

É possível que ao buscar meios de fugir da rotina, as pessoas se aventurem na internet. O problema disso é acessar novos sites e baixar arquivos desconhecidos, colocando em risco seu computador ou celular e todas as informações contidas no aparelho em questão.

Os programadores mal intencionados também estão acompanhando todo o movimento e sabem que as pessoas tendem a ficar mais tempo online, o que dá mais espaço para que ataquem com malwares e ransomwares bem desenvolvidos. 

Infelizmente, mesmo ficando isolados em prol de uma causa tendo boas intenções, ninguém está imune aos perigos da web. Por isso, reforçamos a importância de também se prevenir neste sentido.

Você pode, por exemplo, fazer o teste baixando um antivírus gratuito e experimentar a plataforma por um tempo pré-determinado pela empresa que desenvolveu o programa. Caso o download te agrade e o sistema de antivírus atenda suas necessidades, você pode assinar o serviço para continuar tendo qualidade e proteção! 

Pensamento positivo e novas práticas! Mantenha-se seguro 

Já parou para refletir sobre a quantidade de informações negativas que recebemos por todos os meios a respeito do coronavírus e suas consequências?

Se não bastasse tudo isso, ainda existe a possibilidade de consumir conteúdo falso – o que nos obriga procurar meios de averiguar se as notícias tem fontes confiáveis e confirmação se quisermos repassar adiante. 

Todas essas preocupações nos colocam em estado de alerta mental constante, o que é muito perigoso. O excesso de informações pode prejudicar sua capacidade de relaxamento e discernimento! Nossa dica é: pensamento positivo, busca por informações de órgãos oficiais e consumo de canais que repassem notícias boas. 

Isso tudo quer dizer que você pode filtrar tudo que recebe e também o que procura. 

Lembre-se que se vitimizar ou se punir nesse momento, independente dos problemas que vem enfrentando, não são ações que vão te ajudar em algo. Inclusive, o pessimismo frente às situações difíceis que aparecem pode te impedir de enxergar soluções. 

É preciso se permitir ter pensamentos que aliviam esses sentimentos causados por uma circunstância momentânea.  

Que tal investir em um novo hobby?

Quem não tem muito tempo para ficar em casa, dificilmente consegue investir em novos hobbies. Se é assim com você, temos alguma sugestões para quebrar o tédio de vez. 

Anote em algum lugar tudo que achar interessante e dê uma oportunidade a essas práticas que podem começar a fazer parte da sua vida:

  • Meditação;
  • Pintura; 
  • Exercícios de ginástica – como por exemplo o pilates ou alguns mais aeróbicos; 
  • Yoga;
  • Leitura; 
  • Escrita – você pode começar escrevendo um diário, um livro de receitas, contos favoritos com suas interpretações, cartas para pessoas queridas que você não está podendo ver e o que mais sua criatividade permitir;
  • Composição de música; 
  • Tocar um instrumento – ou aprimorar seu conhecimento em instrumentos que você já toca;
  • Aprender novos idiomas; 
  • Fotografia ou edição de fotos; 
  • Auto maquiagem; 
  • Culinária – se arrisque naquelas receitas que você nunca tinha tempo de tentar e estão a tempos guardadas na lista de desejos;
  • Costura; 
  • Mexer em programas de computador – sabe aquele curso online para aprender a mexer em excel, no Final Cut ou outros programas? É a sua hora de começar;
  • Entre outros. 

Cuide de você e cuide do seu próximo!

Ficar em casa é uma medida pensando em evitar danos não só a sua saúde, mas de todos que estão a sua volta – especialmente aqueles que você mais ama e que moram com você. 

Por isso, não torne o convívio complicado por falta de responsabilidade. Tenha empatia e tente ajudar em tudo que for necessário! Em meio a essa catástrofe mundial, temos ao menos a chance de voltarmos a nos enxergar como comunidade.

É hora de colocar a solidariedade, o amor fraterno, o olhar com carinho e a esperança em prática. 

Nada tem mais a ver com lucro. Estamos falando de vida e amor! 

Se você mora com mais pessoas, proponha diálogos e momentos juntos de descontração. Além disso, também é interessante propor ideias que possam ajudar a facilitar o convívio durante o período que todos vão estar em casa. 

Faça a sua parte e lembre sempre a todos que você tem contato de lavar as mãos e usar álcool em gel com frequência – em especial aqueles que precisam sair de casa por algum motivo. 

Caso você more com crianças, explique tudo que está acontecendo em uma linguagem adequada à idade das mesmas e aproveite das explicações lúdicas que podem ajudar no entendimento. 

Não deixe que os idosos ou outros que fazem parte do grupo de risco saiam de casa! Facilite a rotina dessas pessoas se oferecendo para ir ao mercado ou a farmácia para que não sejam expostos ao risco desnecessariamente! 

Ninguém está sozinho!

A sensação de solidão é inevitável para todos que vivem sozinhos e agora estão impedidos de manter o contato social. 

Mas, se esse for o seu caso e isso acontecer com você, lembre-se que não está sozinho e tudo isso vai passar rápido se continuarmos lutando pela causa todos juntos – ainda que fisicamente separados. 

Faça videochamadas, procure por fotos/bilhetes/cartões guardados que recordam bons momentos, assista vídeos, teste novas receitas para ter bons pratos quando for receber visitas. Independente do que você escolha fazer, lembre-se que não está sozinho nessa e não deve se sentir assim!

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange